11.9.10

É fodido

É muito fodido quando percebes que o melhor sexo da tua vida não se vai repetir. É fodido quando percebes que aquilo do mover montanhas, do entrar em transe, do já nem saber de que terra és, de já não aguentares mais e o orgasmo vir acalmar o turbilhão em vez de ser o turbilhão não é um mito inventado pelos filmes, que a puta da fasquia não desce dali e não há nada a fazer. É fodido quando percebes que o gajo que te põe a arder com um olhar, que quase que te faz vir só com um sussurro ao ouvido e que te diz meu amor e tu por qualquer motivo incompreensível não te desfazes a rir, é fodido perceber que esse gajo, esse preciso gajo tu não podes ter. Eu já percebi e aceitei isto tudo há muito, mas só deixei de fumar agora, vai daí que as merdas que me irritam, neste momento irritam-me infinitamente mais.

10 comentários:

Bípede Falante disse...

Eu não posso me conformar que tu tenhas desistido desse homem assim. Não posso!

jacklyn disse...

Minha querida, este homem não é meu. Por isso não se trata de desistir ou não. Além disso, o que é que eu poderia fazer? Nada. Não está nas minhas mãos.

Bípede Falante disse...

Jacklyn, homem nenhum é nosso e nem de ninguém assim como também não somos deles. Ninguém tem a propriedade e se engana quem pensa que tem a posse. Eu não sei dizer exatamente o que você pode fazer, mas que você pode, você pode. E eu continuo não me conformando. Que se eu fosse você eu o atacava feito uma aranha, só não o matava depois *risos*.

jacklyn disse...

Tu sabes o que eu quis dizer ;-) bem sei que ninguém é de ninguém. Eu até poderia pensar em fazer alguma coisa se ele estivesse noutra situação. Assim, não. E não sou eu que vou "forçar" nenhuma situação.

Bípede Falante disse...

Continuo não concordando e você sabe que eu sei o que você sabe que eu sei e acho que você deveria repensar. Repensa que tem momentos que não acontecem duas vezes na vida. É pegar ou largar! E não é forçar e alterar uma situação.
Sei lá.
Queria que você fosse bem feliz :)
bj.

Bípede Falante disse...

Esqueci de dizer, mas pensei: se a atual situação da criatura em questão fosse boa, não existia essa outra situação em que você se encontra.

jacklyn disse...

Obrigada pela boa intenção :) Eu sei minha amiga, que se não houvesse brechas, a estrutura não vacilaria. Há outras duas coisas que eu sei, uma é que este não é igual aos outros, e daqui poderia surgir a outra coisa que sei, que se o contexto fosse outro, eu provavelmente o deixaria entrar. Mais do que aos outros. Mas não posso mudar o contexto. Eu não posso, ele é que pode. Só o fará se quiser.

Bípede Falante disse...

Mas ele precisa saber que você também quer. Ah, precisa!

jacklyn disse...

Sei lá se quero Bípede. Só poderia saber se quero se explorasse a história. Como não se pode explorar nada, ficamos pelos "provavelmentes" :):)

Princesa (Des)encantada disse...

Eu sei que este texto já é muito antigo, mas... este texto arruma comigo. Não sei como é que se pode saber que tudo isso não se vai nunca repetir, mas pode. Eu posso. "É fodido"? É. Se é. E acho que percebo bem a fronteira que aqui revelas. Lutar pelo amor tem de ser sempre a dois, mesmo que haja um que tenha de dar o primeiro passo, sobretudo se esse passo cruza fronteiras com terceiros.