26.9.11

Estreia

Meu dito, meu feito. Ainda dei duas voltas até atinar com a entrada, só depois percebi que mesmo assim não dei com a entrada, mas lá consegui estacionar num buraquito e fiz a caminhada até lá. Ao telefone com uma amiga a dar-me direcções descobri o edifício que queria e cheguei à sala que marcava o horário. Vazia. Sem surpresa, mas fiquei sem saber se o professor teria aparecido ou não, à hora que cheguei tinha tido tempo de se apresentar, os alunos também e de alegremente se terem todos despedido até à próxima aula. Vagueei pelos corredores e percebi a geografia do edifício. Tive tempo para um café e para ler mais um pouco do meu livro. Depois fui à cafetaria. Uma sopa, uma maçã e outro café. Na fila, duas miúdas com a cara pintada viraram-se para trás e perguntaram-se se era professora. Sorri e respondi que não, mas também não disse que era tão caloira como elas. Já cá fora, outra miúda perguntou-me onde era uma sala qualquer e eu, que já por lá tinha andado, dei-lhe instruções precisas para lá chegar, ela ficou a pensar que eu percebia daquilo a potes. Finalmente a hora da aula e eis que me aparece uma prof com idade já próxima da reforma, um ligeiro sotaque brasileiro, simpática, e cinco compinchas de turma. Meia dúzia de gatos pingados, literalmente. Introdução aos Estudos Literários, primeira obra: Capitães de Areia (ou será da Areia?) Gostei. Este livro nunca li, mas gosto de Jorge Amado. A frustração de não ter chegado a tempo do Inglês foi subsituída pela pontinha de entusiasmo dos Estudos Literários. Jorge Amado, bem bom.

4 comentários:

Pulha Garcia disse...

Muita força, Jackie. E já agora, adoro Jorge Amado e esse livro em concreto.

jacklyn disse...

Obrigada. Eu sei que tu gostas meu bem, eu sei :)

Gina disse...

Olá, descobri o teu blogue há algum tempo. Como sempre faço, conheci o blogue mas não deixei logo comentário, não me ajeito muito a comentar na primeira instância.
Entretanto fui lendo e gostei. Do blogue e de ti. Identifico-me com algumas coisas que escreves, és clara e concisa, não pões arabescos no que escreves, percebe-se tudo – eu percebo tudo. Parabéns.

P.S.
Espero que tudo de bom te aconteça nesta tua nova fase. :)

jacklyn disse...

Obrigada Gina, benvinda :)